30 de jun de 2011

Gian e Giovani encantaram o público na segunda noite do São Pedro de Macarani

A festa de São Pedro de Macarani ofereceu uma noite de gala em seu segundo dia. A multidão chegou cedo ao Largo São Pedro e se esquentou do frio e da garoa intensa, com o genuíno forró pé de serra do cantor Bel Lima, considerado a “reencarnação” de Luiz Gonzaga pela semelhança musical com o rei do baião.
Num show de quase duas horas de duração, o artista manteve a temperatura elevada, usando como aquecedor a sanfona, o triangulo e o zabumba. Faltou fôlego e espaço para tanta gente arrastar o pé. Coladinho ou em separado, todos se entregaram à folia e sacudiram o esqueleto até o último minuto. Bel Lima se apresentou nas três edições do Forró Pé de Serra de Macarani por sintetizar bem o estilo proposto pela administração municipal para resgatar o autêntico forró raiz, que nos remete as antigas festas em família, há muito esquecidas. A segunda atração da noite levou o público ao delírio. Aguardada com muita expectativa, a dupla sertaneja Gian e Giovani arrancou suspiros da grande massa logo nos primeiros acordes. 
A praça foi envolvida pelo clima romântico das canções apaixonadas que encantam gerações. Foi uma noite de gala, perfeita em todos os aspectos! Mas, por se tratar de um show junino, o forró não poderia faltar no repertório e para manter a tradição, a convidou ao palco o forrozeiro, Bel Lima que acabara de concluir seu show e, juntos, relembraram antigos sucessos de Luiz Gonzaga, a exemplo de “Asa Branca”, considerada como o hino do sertão. 
O prefeito Carlinhos foi convidado a subir ao palco e o fez irradiando alegria pela satisfação popular diante da presença dos renomados artistas. Apesar da fama, Gian e Giovani foram simpáticos com todos, distribuíram autógrafos e atenderam as dezenas de fãs que buscaram registrar o momento em fotos ao lado dos ídolos. 
As atrações seguintes não fizeram por menos e mantiveram o alto astral frente à praça lotada e uma platéia interativa, disposta a curtir a festa até o último momento. Sisnando Batista fez a sua apresentação e agradou a multidão que ainda dançou ao som da Banda Real Som. 
Mais uma vez, a segurança foi destaque. Apesar da multidão recorde, nenhum ato de violência foi registrado, numa demonstração de que quem foi ao Largo São Pedro só tinha um objetivo: extravasar alegria e isso foi feito com muita paz e respeito ao próximo, marcas indeléveis do povo de Macarani.

0 Comente esta matéria: